MARIA LUIZA BENEDICTO

57 anos, secretária administrativa

Já tem 10 anos que recebi o primeiro diagnóstico de câncer. E foi bem difícil passar por isso. Costumo dizer que comemorei meu novo nascimento no dia 18 de agosto de 2010, quando a médica disse que eu estava curada. E o que fica de tudo isso é a importância do apoio da família. O meu marido raspou a cabeça, se engajou na causa. O amor dele me ajudou seguir em frente, nunca desistir.

Informação

Divórcios aumentam depois do diagnóstico da doença é a conclusão de pesquisa com pacientes com câncer de mama. Entre as entrevistadas, o número de casamentos caiu de 46% para 41% após a identificação do tumor.


Fonte:

Instituto Provokers. Pesquisa “Câncer de mama metastático: a voz das pacientes e da família”, 2017.

EXPOSIÇÃO ARTEMISA:
FRIDA, A CORAGEM DO PINK NO OUTUBRO ROSA
30 pacientes com câncer de mama mostram seu rosto e sua voz em uma instalação que mistura representatividade, arte e informação.
Clique nas imagens e conheça histórias inspiradoras!